O Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES), Manuel Heitor, desloca-se ao Brasil para um conjunto de iniciativas que visam a promoção e reforço da cooperação científica e académica entre Portugal e o Brasil, com enfâse nas relações com os Estados do Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina e Bahia.

O Ministro Manuel Heitor participa na inauguração de dois novos polos do Centro Internacional de Investigação do Atlântico – AIR Centre no Rio de Janeiro e em Salvador da Bahia, visitando quatroEstados brasileiros juntamente com o Diretor do Centro Internacional de Investigação do Atlântico – AIR Centre, José Joaquín Hernández-Brito.

No Estado do Rio de Janeiro na sexta-feira, dia 9 de agosto, no Auditório do Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio de Janeiro, o Ministro Manuel Heitorintervém no seminário “Interações Atlânticas” que inclui um debate com investigadores e empresas instaladas no Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), na Ilha do Fundão. Este seminário acolhe a inauguração do “AIR Centre Rio de Janeiro”, o qual será lançado em estreita colaboração com investigadores da UFRJ e empresas sediadas na Ilha do Fundão, designadamente com o professor Luiz Landau, Coordenador Geral do Laboratório de Métodos Computacionais em Engenharia (LAMCE-COPPE/UFRJ). O “AIR Centre Rio de Janeiro” desenvolverá atividades nas áreas de computação e aplicações diversas de âmbito científico e empresarial com impacto em segurança marítima, no apoio às pescas, na monitorização de padrões de mobilidade nas cidades, e no estímulo da biodiversidade e a gestão do risco.

Seguidamente, pelas 14h de 9 de agosto, o Ministro Manuel Heitor visitará a Fundação Fiocruz, onde participa num debate sobre inovação em regiões atlânticas. Pelas 15h30, na Casa Firjan, participa no Evento “Diálogos da Inovação”, onde fará uma palestra intitulada “Desafios e Oportunidades do Conhecimento: Pensar Portugal após 4 Anos de Convergência Europeia”.

Na segunda-feira, dia 12 de agosto, pelas 9 horas, o Ministro Manuel Heitor inicia uma visita a Curitiba, no Estado do Paraná, participando num seminário na Fundação Araucária, sobre “Desafios e Oportunidades do Conhecimento: oportunidades para a cooperação entre Portugal e o Paraná”. Nessa tarde, o Ministro Manuel Heitor participa numa sessão na Assembleia Legislativa do Paraná, assim como num debate com empresários e investigadores.

Na terça-feira, dia 13 de agosto, pelas 9 horas, o Ministro Manuel Heitor participa na 1ª sessão plenária da primeira realização do “Innovation Summit Brasil”, que se realiza no Centro de Eventos Governador Luiz Henrique da Silveira, em Florianópolis, no Estado de Santa Catarina. Para este Innovation Summit Brasil 2019, Portugal e Israel são as referências internacionais selecionadas para o evento e debates temáticos.

A partir das 14 horas, o Ministro Manuel Heitor visitará um conjunto de novas empresas de base tecnológica emFlorianopolis, após as quais fará uma palestra na UniversidadeFederal de Santa Catarina sobre “uma nova agenda científica para o Oceano Atlântico”.

O Ministro Manuel Heitor visita o Estado de Salvador da Bahia na quarta-feira, dia 14 de agosto, onde intervém, pelas 9 horas, no I Fórum Internacional Meio Ambiente e Economia Azul com uma palestra plenária sobre “Interações Atlânticas”, que inclui a participação do Diretor do AIR Centre e representantes de instituições portuguesas. No finaldo dia será inaugurado o “AIR Centre Bahia”, em estreita colaboração com investigadores da Universidade Federal da Bahia (UFBA), em Salvador, contando com o apoio do Governo do Estado da Bahia, através da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (SEMA). Incluirá atividades nas áreas da observação da Terra e aplicações computacionais, incluindo o recurso a metodologias de inteligência artificial no apoio às pescas, na monitorização de padrões de biodiversidade e na gestão do risco.

A deslocação do Ministro Manuel Heitor ao Brasil assume especial relevância tendo em conta a inauguração das novas instalações do AIR Centre no Rio de Janeiro e em Salvador, mas é ainda particularmente relevante face à evolução crescente no número de estudantes e investigadores brasileiros que escolhem Portugal para estudar e investigar. Os últimos dados disponíveis relativos ao ano letivo de 2017/2018 mostram que mais de 16.200 estudantes brasileiros frequentam as instituições de ensino superior portuguesas nos vários ciclos de ensino, tendo duplicado desde 2015. Em particular, o número de estudantes inscritos em licenciaturas, mestrados e mestrados integrados aumentou de 6544 em 2013/14, para 12401 em 2017/18, enquanto o número de estudantes de doutoramento aumentou em mais de 60%, de 2196 em 2013/2014, para 3542 em 2017/2018. 

Em paralelo com a implementação ao longo dos últimos anos do programa “Estudar e investigar em Portugal” (i.e., “Study and Research in Portugal”), o número de estudantes estrangeiros aumentou cerca de 48% desde 2014-2015, representando hoje cerca de cinquenta mil inscritos e 13% do total de estudantes inscritos. Neste contexto, aproximadamente um terço dos estudantes estrangeiros em Portugal são brasileiros.

  • Partilhe